A Adaga do malzahar

/cc/ Não deixem essa historia morrer </3 o motivo do Malzahar carregar uma adaga com ele, leiam até o final. Aqui vai um fato pouco conhecido e totalmente não-canônico: Antes de ir para o Vazio, Malzahar usava suas habilidades de vidente para impressionar multidões em Shurima quando ainda viajava com uma feira de cidade para cidade. Sempre que ia para uma cidade nova, ele escolhia um corajoso voluntário para ficar na frente de um alvo de madeira, com seus pulsos e tornozelos presos. Ele girava o alvo, virava de costas e andava dezoito passos para longe. Depois, vendava seus olhos. Como um trovão que chega sem aviso em um dia nublado, ele dava um giro que marcava o décimo oitavo passo, lançava cinco adagas no alvo e cada uma delas abria um buraco que ficava a um fio de cabelo de distância do corpo de seu voluntário. Embora ele tenha nascido vidente e sua habilidade de enxergar o futuro facilitasse bastante saber onde estava o alvo, ele sempre respirava aliviado quando ouvia o barulho de cada adaga perfurando a madeira. Numa tarde de primavera em Urzeris, Malzahar passou os olhos pelas mãos agitadas da plateia, que balançavam vigorosamente para chamar sua atenção, e acabou escolhendo uma mulher bonita, de cabelos negros e olhos que pareciam esmeraldas. Ele prendeu seus pulsos delicados, girou o alvo e começou a contar… quinze...dezesseis...dezessete...dezoito… ...pá, pá, pá, pá– e então, um som oco. Malzahar leva consigo a adaga que tirou a vida da moça para lembrá-lo que até um vidente não consegue prever a incerteza do futuro. As coisas sempre podem mudar – tanto para o bem, quanto para o mal.
Compartilhar
Reportar como:
Ofensivo Spam Mau comportamento Fórum incorreto
Cancelar